Conteúdo

Home / Todos / Documentos / Carta do Papa Francisco ao presidente da Colômbia

Carta do Papa Francisco ao presidente da Colômbia

CARTA DO PAPA FRANCISCO AO PRESIDENTE DA COLÔMBIA 
POR OCASIÃO DO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE
 
A Sua Excelência 
Senhor Iván Duque Márquez 
Presidente da República da Colômbia
Senhor Presidente!


Tenho o prazer de me dirigir a si, a todos os membros organizadores e aos participantes no Dia Mundial do Ambiente, que este ano deveria ter sido celebrado em Bogotá, mas devido à pandemia de Covid-19, será realizado de forma virtual. É um desafio que nos recorda que, perante a adversidade, há sempre novas formas de estarmos unidos como uma grande família humana.
A proteção do meio ambiente e o respeito pela “biodiversidade” do planeta são questões que dizem respeito a todos nós. Não podemos pretender ser saudáveis num mundo que está doente. As feridas causadas à nossa mãe terra sangram também em nós. O cuidado pelos ecossistemas precisa de um olhar para o futuro que não se limite apenas ao imediato, procurando um lucro rápido e fácil; um olhar cheio de vida e que procure a preservação para benefício de todos.
A nossa atitude perante o presente do planeta deveria responsabilizar-nos e obrigar-nos a testemunhar a gravidade da situação. Não podemos ficar calados perante o clamor quando demonstramos os custos muito elevados da destruição e exploração do ecossistema. Não é tempo de continuar a olhar para o outro lado, indiferentes aos sinais de um planeta que está a ser saqueado e violado, por ganância de lucro e — muito frequentemente — em nome do progresso. Temos a oportunidade de inverter a marcha e de apostar num mundo melhor e mais saudável a legar às gerações futuras. Tudo depende de nós; se realmente o quisermos.
Celebrámos recentemente o quinto aniversário da Carta Encíclica Laudato si’, que chama a atenção para o grito que chega a nós da mãe terra. Convido-vos também a participar no ano especial que anunciei para refletir à luz deste documento. E, assim, todos juntos, tomar mais consciência dos cuidados e da proteção pela nossa casa comum, bem como dos nossos irmãos e irmãs mais frágeis e descartados da sociedade.
Por fim, encorajo-vos nesta tarefa que assumistes, para que as vossas decisões e conclusões sejam sempre a favor da construção de um mundo cada vez mais habitável e de uma sociedade mais humana, na qual haja espaço para todos e ninguém seja considerado a mais.
E, por favor, peço-vos que rezeis por mim. Que Jesus vos abençoe e que a Virgem Santa cuide de vós.


Cordialmente,
Francisco
Vaticano, 5 de junho de 2020
 
http://www.vatican.va/

Mais Conteúdos

Documentos

Diretório para a Catequese

  • 14 Julho 2020
Documentos

Esclarecimento

  • 01 Outubro 2019