Nome da
Editorial

Edição 05 - Ano II - Maio/Junho 2006 - ISSN 1809-2888
A pluralidade nas teologias contemporâneas
01/05/2006

Ainda no espírito do tempo pascal, trazemos a nossos leitores e nossas leitoras mais um número da revista eletrônica Ciberteologia. Chegamos à nossa 5ª edição com uma nova seleção de textos teológicos tão candentes quanto atuais — de Juan Luis Segundo, Afonso Maria Ligorio Soares, Orlando Espín, Diego Irarrázaval, entre outros —, que talvez pudessem ser reunidos sob o termo do diálogo.

Os dois artigos de Juan Luis Segundo repropõem — o primeiro — o diálogo sempre atual entre pensamento filosófico e reflexão teológica, além de — no segundo texto — discutir a urgente necessidade de aproximação entre o magistério hierárquico e a liberdade crítica do pensador. O desafio é ainda maior para ambos os interlocutores porque, como bem salienta o texto de Diego Irarrázaval, a pluralidade de fato nas teologias contemporâneas exige que recoloquemos, sempre, o tema do pluralismo de direito ad intra e ad extra.

Os trabalhos de Orlando Espín e Afonso Maria Ligorio Soares são exercícios práticos de diálogo com as tradições religiosas africanas. O primeiro ensaia uma releitura crítica de um mito tradicional à luz da teologia cristã; o segundo oferece-nos uma resenha crítica do acidentado percurso de encontros e desencontros, no Brasil, entre a tradição católica e o legado que recebemos de nossos ancestrais africanos.

Enfim, e como sempre, nosso desejo é prosseguir estimulando a leitura e a reflexão acadêmicas, colocando ao alcance do público mais amplo um pouco do acervo intelectual, teológico e pastoral de Paulinas Editora.

Nesta viagem, continuamos contando com a participação de todas as pessoas interessadas no incremento da produção e da divulgação do pensamento teológico. Pesquisadores e autores com escritos originais afins a nosso projeto podem enviar-nos os seus trabalhos (artigos, notas, resenhas), que serão muito bem-vindos.

Boa ciberleitura!

  • Artigos
    01/06/2006

    O fato de se encontrar ligado, desde o começo — pela amizade e no trabalho —, ao grupo de teólogos latino-americanos que começaram a pensar e atuar na linha da teologia da libertação permitiu a Juan Luis Segundo esclarecer neste artigo alguns pontos histórico-teológicos dos primórdios dessa corrente teológica.

    01/06/2006

    Neste artigo o autor propõe-se a tratar, teologicamente, o sincretismo religioso afro-católico e, assim, a superar o uso purista e romântico que a teologia católica vem fazendo do termo “inculturação”, que esconde as ambiguidades inerentes ao processo histórico da revelação divina à humanidade.

    01/06/2006

    Este artigo mostra que a religião dos iorubás, tanto na América como na Nigéria, é rica em mitos. Entretanto, no Brasil e em Cuba, os appatakís entraram, desde há pouco mais de um século, em processo de reformulação não só por causa do inevitável sincretismo, mas também em virtude da transmissão oral.

    01/05/2006

    Não é suficientemente intrincada a teologia para que se queira somar-lhe as obscuridades ainda maiores dos sistemas filosóficos?

  • Resenha
    01/06/2006

    MEEKS, Wayne A. O Mundo Moral dos Primeiros Cristãos, trad. João Rezende Costa. São Paulo: Paulus, 1996, 158 pp.

  • Notas
    01/06/2006

    Apesar de ser um documento não canônico, o assim-chamado evangelho segundo Maria Madalena tem recebido cada vez mais atenção por parte de eruditos bíblicos de diversas persuasões por ser uma fonte histórica cuja antiguidade tem sido pouco contestada.

    01/06/2006

    No mês de junho somos levados a sempre lembrar das festas populares. Festas juninas: Santo Antônio, São João, São Pedro, São Paulo. Festas com muitos doces, muita dança e muita alegria.

    01/05/2006

    Pediram-me que escrevesse algumas linhas sobre a teologia de Juan Luis Segundo e concordei com muito prazer para poder mostrar, de alguma maneira, meu apreço e agradecimento por sua obra teológica.

    01/06/2006

    Bento XVI completa, em abril, seu primeiro ano como papa. Sua encíclica inaugural é expressão profunda, sólida e significativa de sua espiritualidade. Vale a pena lê-la nessa perspectiva.

    01/06/2006

    Concluímos o artigo anterior desta coluna perguntando-nos se o dogma do inferno havia desaparecido da teologia cristã contemporânea. Aqui é preciso avançar com prudência, sem dogmatismos e sem demasiada pressa.

    01/06/2006

    Aqui não vamos mais tecer o estatuto teórico como preocupação majoritária. Ele será evocado somente na condição de fundamentar uma análise do que acontece no interior de nossas comunidades cristãs.

    01/06/2006

    Cresce a oferta e a demanda de bens sagrados na América Latina – como em outras regiões do planeta. Parece que se transita por um mercado de religiões e espiritualidades. Essas realidades têm ingressado no trabalho teológico, atento a cada busca humana com suas luzes e sombras.