Nome da
Editorial

Edição 31 - Ano VI - Setembro/Outubro 2010 - ISSN 1809-2888
A relação entre Vida Religiosa Consagrada, Filosofia e Teologia
01/09/2010

Esta 31ª edição de Ciberteologia segue comemorando nosso 5º ano de atividades. Não é tarefa fácil trazer a público, bimestralmente, em edição trilíngue (português-inglês-espanhol) uma seleção de Artigos, Notas e Resenhas, além de seções de Literatura, Bíblia e Espiritualidade. Mas os 300 mil acessos obtidos e as cerca de 1 milhão e 200 mil páginas visitadas por nossos ciberassinantes, são o tipo de retorno que nos anima ir em frente, em busca de novos e bons artigos para seu estudo e pesquisa. Eis a seleta deste bimestre.

Abrimos com a seção de ARTIGOS, que traz o estudo Espiritualidade para a formação da vida consagrada contemporânea, uma parceria de Frei Clodovis Boff e Madeline Pozzebon. O trabalho pretende oferecer bases teóricas para reflexão, aprofundamento e apresentação de uma espiritualidade alicerçada na pessoa de Jesus Cristo, com base em documentos ofertados pelo Magistério da Igreja católica.

Em seguida, Luis Alexandre Solano Rossi e Natalino das Neves oferecem o texto A educação libertadora como instrumento de emancipação do ser humano: uma releitura do Livro de Jó a partir dos conceitos de Paulo Freire. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa que crê demonstrar que os conceitos educação bancária e educação libertadora são encontrados no Livro de Jó. Para os autores, a pesquisa é relevante, pois são conceitos ainda praticados hoje, com destaque para o da educação bancária, identificada atualmente na teologia da prosperidade.

A crise da vida religiosa na Europa do século XXI, tema de reflexão para a vida religiosa latino-americana. Este é o título que José Maria Vigil partilha conosco, visando focalizar o que está acontecendo na Europa neste início do século XXI, tanto na vida religiosa como na Igreja Católica em geral. Acompanhemos suas argutas ponderações.

Alessandro Rodrigues Rocha escreve Epistemologia e sensibilidade. A afirmação da experiência como forma de percepção da realidade. E trata da ascensão de novas possibilidades metodológicas tanto para a teologia quanto para as ciências da religião. Após discutir a proposta do raciovitalismo, reflete sobre a centralidade da experiência nas novas perspectivas epistemológicas.

Fecha a seção o texto de Anderson de Oliveira Lima, cujo título autoexplicativo é História cultural e exegese bíblica: reflexões sobre as contribuições da história cultural para a metodologia exegética.

Cinco pequenas reflexões muito didáticas enriquecem a seção de NOTAS, todas provindas da área de Filosofia: Por que a economia?, do Prof. Ms. Paulo Tiago Cardoso Campos; Por que a fé?, do prof. Everaldo Cescon; Por que perguntar?, de Keberson Bresolin; Por que a política?, de Sônia Maria Schio; e, por fim, Por que a vida?, do Dr. Paulo César Nodari.

Além disso, fiquem atentos às seções de Literatura, Resenhas e Notícias. E não deixem de acessar e baixar o novo livro digital da Soter, que inclui os Anais de seu 23º Congresso Internacional.

Boas ciberleituras!

Afonso M. L. Soares